Prancheta#10

FGMF – Edifício Projeto Viver

Criado para atender a população da favela Jardim Colombo, em São Paulo, o projeto premiado do FGMF foi construído no último terreno livre da comunidade, era um dos poucos lugares de convívio do local, fato que só tornou mais difícil a concepção do projeto.  Os arquitetos mantiveram os acessos existentes e posicionaram os blocos para aproveitar melhor o espaço livre. O edifício também abriga as atividades da associação Viver em Família, que já atuava no desenvolvimento humano da comunidade.

Por: Ingrid Matos

Anúncios

Prancheta#7

Edifícios residenciais por SPBR

Não aguento mais essas plantas de apartamentos todas iguais, sério! Me da até enjoo de entrar neles! hehe…isso de ter que fazer tudo igual sempre não é coisa de arquiteto!  Aí vão dois projetos bem legais do escritório SPBR.
Pra quem gosta do tema tem uma matéria boa no site da arcoweb falando sobre alguns edifícios que vem mudando essa ideia, vale a pena conferir!

Apartamentos em Lugano – Suiça

Leia o resto deste post »


Prancheta #2

Primeiro projeto do escritório – Museo de la Memoria e los Derechos Humanos no Chile

O projeto na prancheta hoje é do escritório paulista Estudio America, ganhadores de vários concursos nacionais e intarnacionais eles vem se firmando como um dos grandes escritórios de arquitetura brasileiros.

Pra divulgar aqui escolhi dois projetos deles de habitação social, um é o vencedor do concurso nacional habitação para todos e o segundo é um protótipo de habitação social pra Luanda – Angola, acho que falar de habitação hoje é bem complicado, existem vários projetos sociais, mas a grande maioria ainda não é o ideal, fato que fica evidente quando voltamos ao edifício construído alguns anos depois e vemos como ele foi completamente alterado! Mas espero que estejamos aprendendo com os erros e melhorando a cada projeto a solução para os problemas de habitação.

Leia o resto deste post »


Prancheta #1

Na prancheta hoje alguns projetos do Arquitetos Associados.

Estúdios pouso alto

Galeria Miguel Rio Branco – Inhotim

Estúdios terra 240

 

 

Por: Ingrid Matos